# Prefira viajar para países que tem fronteira aberta e menos restrições para brasileiros  (sugestão para consulta: skyscanner.com.br).

NÃO HÁ PRIORIZAÇÃO DE VACINAS COVID PARA VIAJANTES. O OBJETIVO MAIOR É IMUNIZAR A POPULAÇÃO BRASILEIRA DE FORMA EMERGENCIAL, DE ACORDO COM OS GRAUS DE PRIORIDADE DEFINIDOS POR ESPECIALISTAS DO PROGRAMA NACIONAL DE IMUNIZAÇÃO.

Aproveite o CHILE. Nossa CORONAVAC é sabiamente aceita por lá!
  1. Escolhido o destino, verifique as exigências sanitárias, isto muda de local p/ local. Confira as restrições diretamente em órgãos oficiais.
  2. As vacinas COVID utilizadas no Brasil estão sendo aceitas em diversos locais do mundo. O certificado de vacinação deve estar em inglês ou em alguma língua de exigência do país a ser visitado. Se você já está vacinado contra a COVID, tenha acesso ao seu comprovante de vacinação via o aplicativo Conect SUS. Isto reforçará a credibilidade de sua imunização.

  3. Em alguns locais, mesmo as pessoas completamente vacinadas são  obrigadas a ter um resultado de teste              viral negativo para COVID-19 ou a documentação de recuperação da doença nos últimos 3 meses antes da                viagem. Fique atento para isso.

      4. Independente de estar vacinado, prepare-se para realização de teste COVID antes da viagem. Geralmente se            exige o RT-PCR negativo. O teste de antígeno também pode ser aceito. Não conte com teste de anticorpos para            validar seu passeio. Os passageiros devem ter uma cópia impressa ou eletrônica do resultado do teste para                    análise pela companhia aérea antes de embarcar e para análise potencial por autoridades de saúde pública após          sua chegada no país de origem.

5. Em nenhum local do mundo está havendo exigência de certificado de vacinação COVID. Pessoas imunizadas            com vacinas aprovadas por órgãos sanitários de referência locais poderão circular com menos restrições, mas              não  estão totalmente isentos das medidas preventivas. Indivíduos que não podem ou não querem ser vacinadas          poderão desfrutar da mesma liberdade de circulação dos vacinados, mas com ressalvas, estando sujeitas a                      apresentar testes obrigatórios contra Covid-19 ou cumprir quarentena.

Em breve, PARIS e toda a EUROPA estará aceitando todas as vacinas utilizadas no Brasil, inclusive a nossa CORONAVAC.

        6. As vacinas COVID disponibilizadas até o momento não objetivam bloquear o contágio do Novo Coronavírus,            elas oferecem proteção contra as formas graves da doença. Isto significa que mesmo vacinado você ainda pode            se contaminar e o uso de máscaras deve prosseguir para todos.

         7. Viajantes totalmente vacinados têm menos probabilidade de obter e disseminar COVID-19. No entanto, as              viagens internacionais apresentam riscos adicionais e mesmo os viajantes totalmente imunizados podem estar            em maior risco de obter e possivelmente espalhar algumas variantes Sars-CoV2.

       8. No retorno ao Brasil, a depender da evolução da pandemia, pode ser necessária testagem COVID. Antes da               partida verifique esta situação e localize no seu destino os locais onde o exame poderá ser realizado. Muitos                   aeroportos estão disponibilizando o teste com resultado em poucas horas.

VIAJE PELO BRASIL!

       9. Na escolha da companhia aérea, verifique se a mesma autoriza o embarque de brasileiros em seus voos, pois             podem fazer conexões em países bloqueados para nossa entrada.

       10. Se o seu teste de COVID der positivo antes da partida, você deve se isolar por pelo menos 10 dias e adiar  a            viagem. Independentemente da vacinação, as companhias aéreas devem recusar o embarque de qualquer pessoa        que não apresente resultado negativo no teste COVID-19 ou  documentação de recuperação. Qualquer pessoa              doente com sintomas de COVID-19 deve isolar-se e adiar  a viagem.

      11. Se você teve COVID-19 nos últimos 90 dias, mas seu exame continuar positivo, você poderá  viajar  com a                documentação dos resultados dos testes virais e uma declaração médica (Documento de  recuperação da                      COVID -19) atestando que você foi liberado para a viagem. Você não estará mais contaminando ninguém.                      AGENDE COM O MÉDICO DE VIAGENS.

DRA. CARMELINDA – MÉDICA DE VIAGENS

ATENDIMENTOS: CLÍNICA VENEZA (IPATINGA-MG) – 3822-9045

CCDIP (IPATINGA-MG) – 3829 – 8601

12. Cada país está atualizando suas exigências no decorrer da pandemia e modificações nelas podem acontecer a qualquer momento. Fique atento!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *